top of page

Comboio da Saúde atende mais de 600 pessoas com exames oftalmológicos em Apucarana

São pacientes com mais de 55 anos que passam por exames de catarata e pterígio e, se tiverem indicação, serão encaminhados para cirurgia. Comboio da Saúde já passou por 21 municípios, que abrangem as 22 Regionais de Saúde.


O Comboio da Saúde, programa do Governo do Estado, realizado pela Secretaria estadual da Saúde, que busca acelerar os procedimentos de oftalmologia e ofertar atendimento regionalizado e descentralizado em todo o Paraná, passou por Apucarana, no Norte do Estado, neste sábado (1). Durante todo o dia, mais de 600 pacientes com idade acima de 55 anos passam por exames de catarata e pterígio e, se tiverem indicação, serão encaminhados para cirurgia.

A estratégia tem como objetivo possibilitar a análise e adiantar consultas e exames pré-operatórios, gerando maior fluxo de atendimento e garantindo mais agilidade a pacientes. Com cerca de 13 mil pessoas atendidas, o Comboio da Saúde já passou por 21 municípios estratégicos que abrangem as 22 Regionais de Saúde, resultando em mais de 8,5 mil cirurgias.


“Estes mutirões têm sido uma grande ferramenta para a promoção de mais qualidade oftalmológica aos paranaenses”, afirma o secretário estadual da Saúde, Beto Preto.

“O governador Ratinho Junior determinou que os atendimentos sejam feitos o mais próximo possível dos paranaenses e é nessa linha que projetamos as ações de cirurgias eletivas. Em uma ação do comboio é possível adiantar em mais de um mês o processo de atendimento, o que não somente garante mais qualidade individual, mas também acelera a fila de espera de maneira coletiva", avalia o secretário.


Marlene Xavier da Silva, apucaranense de 70 anos, definiu o programa como um sucesso. "Estava esperando por esse atendimento e agora chegou minha vez. Para o povo que precisa é muito bom e dá pra ver o esforço sendo feito pela gente", destaca.

Manoel Luiz, de 68 anos, definiu o atendimento como excelente. "Foi um processo rápido e que facilita a nossa vida. Estou precisando de cirurgia e esse adiantamento vale muito", observa.

O vice-prefeito de Apucarana, Paulo Vital, também destacou a ação. "Apucarana se sente representada no Estado e reconhece a sensibilidade do governador Ratinho Junior. É preciso cuidar das pessoas e esse olhar pela saúde é o caminho para fazer as coisas acontecerem”, afirma.


ATENDIMENTOS – Oito unidades hospitalares localizadas em Campo Largo, Cornélio Procópio, Jacarezinho, Irati, Londrina e Cascavel se credenciaram, por meio de edital da Secretaria da Saúde, para realizar as cirurgias. Os hospitais devem absorver a demanda de atendimento dos municípios de abrangência de suas respectivas regiões.

0 comentário

Comments


bottom of page