top of page

DER/PR avança com as obras de recuperação nas rodovias afetadas pelas chuvas

PR-170, uma das mais atingidas, tem obras em andamento em Guarapuava e Pinhão, além estudos e análises em elaboração em Bituruna. PR-459 e PR-433 estão liberadas para fluxo de veículos.


O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) atualiza as condições de bloqueio de rodovias estaduais, onde trechos estão com sinalização de emergência. A orientação aos motoristas é que redobrem o cuidado. A PR-170, uma das mais atingidas, tem obras em andamento em Guarapuava e Pinhão, além estudos e análises em elaboração em Bituruna.


NOVAS LIBERAÇÕES

PR-459 em Clevelândia – Rio Chopim baixou e a rodovia está novamente liberada, após o DER/PR ter analisado os dois pontos de alagamento da semana passada. Trecho não é pavimentado.


PR-433 na Lapa – Trecho foi liberado após o DER/PR recuperar danos em cabeceira de ponte, causados por alagamento, na altura do km 26. Trecho não é pavimentado.


BLOQUEIOS TOTAIS

PR-836 e PRC-280 em União da Vitória – As duas rodovias estão com pistas alagadas devido à cheia do Rio Iguaçu, na altura do km 0.


PR-239 em Pitanga – Bloqueio total do km 349+650 ao km 351 em função do risco de queda do talude sobre a pista. Devido à gravidade do dano, com surgimento de várias rachaduras de grande porte que inclusive prejudicaram o sistema de drenagem no local, será necessário manter a interdição enquanto é recuperado o maciço.


PR-170 em Pinhão – Rachaduras no pavimento no km 468, entre Faxinal do Céu e a Usina Hidrelétrica Governador Bento Munhoz da Rocha Netto. Bloqueio total entre Faxinal e a usina, e entre Bituruna e a usina. O trecho recebe serviços de retaludamento e já são realizadas sondagens do solo nos pontos danificados para orientar os serviços de recuperação.


PR-170 em Bituruna – Tráfego com bloqueio total por causa dos danos em múltiplos pontos, próximo à Usina Hidrelétrica Governador Bento Munhoz da Rocha Netto, e também devido à interdição do trecho seguinte, em Pinhão. Estão em análise as condições do trecho e em estudo as obras de recuperação necessária.


PR-578, em Santa Cruz de Monte Castelo – Trecho bloqueado devido a alagamento e pontos de erosão causados pela cheia do Rio Ivaí. Segmento não pavimentado, com os danos concentrados a cerca de 8 quilômetros do distrito de Santa Esmeralda, e antes de chegar na balsa que faz a travessia para Herculândia, distrito de Ivaté.


PR-281 em Realeza – Trecho bloqueado no km 595, após queda de barreira de grande volume que atingiu ambas as pistas da rodovia. O DER/PR executa os serviços de remoção do material, devendo liberar a rodovia nos próximos dias.


BLOQUEIOS PARCIAIS

PR-170 em Guarapuava – Bloqueio parcial de uma pista no km 389, devido a escorregamento de terra em talude de aterro, com tráfego fluindo normalmente nas duas pistas restantes. Já foi realizada a recomposição do pavimento afetado e atualmente está em implantação um novo bueiro no local.


PR-090 em Campo Largo – A Estrada do Cerne está em meia pista após surgimento de uma trinca no leito da rodovia, na altura do km 48, a cerca de um quilômetro da ponte sobre o Rio Açungui.


PRC-466 em União da Vitória – Trecho com operação pare-e-siga das 7h às 20h, com bloqueio total somente à noite, devido ao risco de escorregamento de rochas sobre o pavimento.


PR-092 em Rio Branco do Sul – Liberado provisoriamente um desvio no km 48, local atingido por rachaduras no pavimento. Tráfego em pista única, enquanto é providenciada a obra de recuperação da rodovia.


Os trechos com bloqueios totais ou parciais contam com sinalização de emergência disponibilizada pelo DER/PR. É fundamental que os condutores obedeçam estas orientações, também seguindo com cautela redobrada nestes locais.


Confira a localização dos bloqueios mencionados acima neste mapa.


Foto: DER-PR


0 comentário

Comentarios


bottom of page