top of page

EMBRIAGUEZ AO VOLANTE RESULTA EM PRISÃO APÓS PERSEGUIÇÃO NA PR 160 EM PRUEDNTÓPOLIS


Ronda, 17 de janeiro de 2024 – Às 00h22min


Uma operação rotineira de patrulhamento teve desdobramentos inesperados na madrugada desta quarta-feira, quando uma equipe policial, próximo à rotatória da PR 160, que faz ligação com diversos bairros, avistou um veículo Uno prata em atitude suspeita.


O condutor do veículo, imediatamente reconhecido pela equipe policial por estar com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida, tentou evadir-se ao perceber a presença da viatura. O indivíduo, um masculino de 24 anos, desembarcou rapidamente do veículo, parando no meio da rua, proclamando em alto e bom som: "Eu não estava dirigindo!"


Diante da situação, a equipe procedeu com a abordagem. O condutor apresentava um forte odor etílico, falava frases sem sentido e demonstrava dificuldades para andar, além de apresentar olhos avermelhados. Na busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado, mas no interior do veículo foram localizadas diversas garrafas e latas de cerveja parcialmente consumidas.


Ao questionar o condutor sobre o consumo de bebida alcoólica, a única resposta obtida foi: "Eu não estava dirigindo." Diante das evidências, foi dada voz de prisão ao indivíduo.

Mesmo com a oferta do etilômetro, o condutor recusou-se a realizar o teste. Em decorrência disso, a equipe policial procedeu com a elaboração do Auto de Constatação de Sinais de Alteração da Capacidade Psicomotora e conduziu o indivíduo para a Delegacia de Polícia Judiciária.


O caso destaca a importância das ações de fiscalização no combate à embriaguez ao volante, visando garantir a segurança viária e coibir condutas irresponsáveis que colocam em risco a vida de outros usuários da via. O condutor agora enfrentará as devidas consequências legais por desrespeitar as normas de trânsito e por dirigir sob a influência de álcool.

0 comentário
bottom of page