top of page

Jovem em Prudentópolis cai em golpe após conhecer pessoa pela internet e perde R$ 12 mil

Um jovem residente em Prudentópolis foi vítima de um golpe financeiro após conhecer uma mulher por meio do aplicativo Instagram. Após estabelecerem contato e passarem a conversar pelo WhatsApp, o rapaz acabou trocando fotos íntimas com a pessoa em questão.

Dias depois, o suposto pai da moça entrou em contato, alegando que ela era menor de idade e que, ao descobrir o ocorrido, teria tido um surto e quebrado objetos. O pai exigiu que o jovem pagasse as despesas dos danos causados pela filha, ameaçando expô-lo nas redes sociais caso ele não cumprisse com a exigência. Sob pressão, o rapaz efetuou um pagamento de dois mil reais através de transferência PIX para supostamente cobrir os custos dos danos. No entanto, no dia 29 de junho de 2023, o jovem recebeu um contato de um indivíduo se passando por delegado, informando que havia sido registrado um boletim de ocorrência devido ao internamento da adolescente. O falso delegado exigiu o pagamento de mais dez mil reais para evitar a prisão do rapaz. Acreditando estar lidando com uma situação séria, o jovem efetuou um segundo pagamento de dez mil reais, utilizando novamente a chave PIX fornecida. O total transferido pelo rapaz alcançou a quantia de doze mil reais. Posteriormente, o mesmo falso delegado entrou em contato novamente, desta vez enviando um print de uma notícia na internet que noticiava o suposto suicídio da adolescente. O golpista exigiu agora um valor adicional de quarenta mil reais para indenizar a família. Somente após compartilhar a situação com amigos, o jovem descobriu que havia sido vítima de um golpe. Este caso serve como um alerta sobre os perigos presentes nas interações virtuais e a importância de se tomar precauções ao estabelecer contato com pessoas desconhecidas pela internet. É fundamental que os usuários estejam cientes dos riscos envolvidos e evitem compartilhar informações sensíveis ou se envolver em transações financeiras sem a devida verificação e segurança.

0 comentário
bottom of page