top of page

Clonagem de Motocicleta em Prudentópolis-PR


Prudentópolis-PR, 21 de novembro de 2023


Na tarde desta terça-feira, uma operação policial na Vila Nova, Prudentópolis-PR, resultou na prisão de um homem de 25 anos por adulteração de sinal identificador de veículo automotor. O suspeito foi abordado enquanto conduzia uma motocicleta CG 160 Fan, com placa BCT-4E22, que levantou suspeitas das autoridades devido à clonagem do veículo.


Durante a abordagem, os policiais identificaram sinais de adulteração no veículo, incluindo caracteres do chassi desalinhados, chave de ignição e tampa do tanque comprometidos, além de marcas de lixamento no número do motor. Uma consulta ao sistema revelou um boletim de ocorrência registrado na cidade de Ibiporã-PR, indicando multas associadas à placa BCT-4E22 e registros de circulação em Ponta Grossa-PR.


Ao ser questionado sobre a origem da motocicleta, o abordado alegou tê-la adquirido por meio do Facebook Marketplace da cidade de Imbituva-PR, onde teria realizado uma troca pelo veículo Gol. Diante das evidências de irregularidades, o indivíduo foi imediatamente detido e a motocicleta apreendida.


O esquema de clonagem de veículos, que tem sido uma preocupação crescente na região, ganha destaque com essa operação policial. As autoridades acreditam que a motocicleta em questão faz parte de uma rede de veículos clonados, sendo comercializados de maneira ilegal.


O detido e a motocicleta foram encaminhados às autoridades policiais de plantão, onde serão tomadas as medidas cabíveis. A polícia continua investigando para desmantelar completamente qualquer rede envolvida em atividades ilegais relacionadas à clonagem de veículos na região.


Esta operação demonstra o comprometimento das forças de segurança em garantir a integridade do sistema de identificação de veículos e combater atividades criminosas que comprometem a segurança da comunidade. A população é encorajada a relatar qualquer atividade suspeita às autoridades locais para fortalecer ainda mais os esforços de combate ao crime.

0 comentário
bottom of page