top of page

Polícia Civil cumpre mandado e prende suspeito de feminicídio em Imbituva


A Polícia Civil do Paraná, através da Delegacia de Imbituva, realizou nesta quarta-feira (17) a prisão de um homem de 26 anos, acusado de matar sua companheira. O mandado de prisão preventiva foi expedido em decorrência do crime ocorrido no dia 06 de janeiro.


Após a decretação da prisão preventiva, a defesa do suspeito entrou em contato com o Delegado Thiago Andrade, responsável pelo caso. Iniciaram-se, então, as negociações para a apresentação do acusado na Delegacia de Polícia Civil. O homem se entregou na tarde desta quarta-feira.


** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal Radiocidade.info pelo WhatsApp (41) 9 9660-2167 ou entre em contato pelo (42) 9 9942-6264


O Delegado Thiago Andrade, titular da Delegacia de Imbituva, que conduz as investigações, comentou sobre o desenrolar do caso: "Após colher fartos elementos de provas, solicitei junto ao Poder Judiciário a prisão preventiva do suspeito, que foi decretada. Ele estava foragido desde o ocorrido. Realizamos diversas buscas, na zona rural de Ivaí e nas cidades limítrofes, como Reserva e Cândido de Abreu, pois recebemos informações de que o suspeito teria ido para essas cidades".


O Delegado agradeceu à população pelas denúncias recebidas e ressaltou o empenho da Polícia Civil nas diligências para capturar o suspeito. "Nós chegamos todas e tenho plena convicção de que a apresentação só aconteceu porque a Polícia Civil não parou de realizar diligências para proceder à captura", afirmou.


Thiago Andrade explicou que a Polícia Civil agora tem um prazo de 10 dias para encerrar as investigações e decidir se irá ou não indiciar o suspeito pelo crime de feminicídio. A pena prevista para esse crime é de 12 a 30 anos de prisão. O detido foi encaminhado ao sistema penitenciário, onde permanecerá à disposição da justiça.



Confira o víde:


Redação: Israel Ortiz - RCN


** Envie fotos, vídeos, denúncias e reclamações para a equipe Portal Radiocidade.info pelo WhatsApp (41) 9 9660-2167 ou entre em contato pelo (42) 9 9942-6264

0 comentário

Comments


bottom of page