top of page

Policiais Ambientais da PMPR atuam contra pesca predatória em operação aquática no Paraná


Bituruna, 09 de janeiro de 2024 - A Polícia Militar do Paraná (PMPR), por meio da Companhia de Polícia de Proteção Ambiental (CPE) e do Batalhão de Polícia Ambiental - Força Verde (BPAmb/FV), 4ª Companhia, realizou uma operação aquática nos dias 07 e 08 de janeiro de 2024, no Rio Iguaçu, na Represa Governador Bento Munhoz da Rocha Neto - Foz do Areia, município de Bituruna.


Durante o patrulhamento, os policiais ambientais identificaram diversos objetos utilizados em atividades de pesca predatória, além de materiais lançados na água sem qualquer identificação de seus responsáveis. Entre os objetos apreendidos estão 01 tarrafa, 50 metros de espinhel, 03 covos, 08 bóias loucas e 450 metros de rede de diversas malhas.


Outra apreensão significativa ocorreu nas proximidades dos municípios de Bituruna, Cruz Machado e Porto União, onde foram localizadas 23 bóias loucas, 11 covos, 1.200 metros de espinhel e 1.400 metros de rede de diversas malhas. Esses materiais foram recolhidos e encaminhados para posterior destruição.


Os resultados da operação foram expressivos, totalizando a apreensão de:

- 1.800 metros de redes;

- 1.250 metros de espinhel;

- 31 bóias loucas;

- 14 covos;

- 1 tarrafa.


Vídeo:


A ação reforça o comprometimento da Polícia Militar do Paraná na preservação do meio ambiente e no combate a práticas ilegais que ameaçam a fauna aquática. Os materiais apreendidos serão destruídos, garantindo a proteção dos recursos naturais e a manutenção do equilíbrio ambiental na região.


A Polícia Militar do Paraná destaca seu lema, "Nós fazemos a diferença", reafirmando o compromisso em atuar de forma eficiente na defesa do meio ambiente e no combate às infrações ambientais.



0 comentário

Comments


bottom of page