top of page

Governador Ratinho Junior defende papel do jornalismo e valorização dos veículos locais

Ratinho Junior participou do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais de Comunicação e da abertura do 26º Congresso Paranaense de Rádio e TV, eventos que acontecem em Foz do Iguaçu.


O governador Carlos Massa Ratinho Junior esteve em Foz do Iguaçu nesta segunda-feira (20) para participar da programação do Fórum Nacional das Secretarias Estaduais de Comunicação e da abertura do 26º Congresso Paranaense de Rádio e TV. Em ambos os eventos, ele exaltou a importância da livre atuação dos veículos de comunicação e defendeu o bom relacionamento entre o poder público e a imprensa, com valorização dos produtores locais de conteúdo.


“O Paraná tem um setor de radiodifusão e televisão muito organizado com muitos empresários representados pela Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná, a Aerp, além de outros veículos de comunicação, como na internet, que nos ajudam a divulgar informações corretas e com transparência ao cidadão”, afirmou o governador.


“A comunicação é muito importante no dia a dia de todo cidadão e, infelizmente, temos cada vez mais informações falsas nas redes sociais. Então os jornalistas e comunicadores têm uma importância muito grande. O combate à fake news passa pelo fortalecimento da imprensa, em especial dos veículos locais”, acrescentou Ratinho Junior.


Segundo o governador, uma das estratégias do Governo do Estado é o de valorização dos veículos de todos os portes, com um contato direto por meio da Secretaria da Comunicação. “Ao longo do tempo, as secretarias estaduais de Comunicação ficavam muito presas aos maiores veículos de rádio, TV e aos grandes jornais e não tinham uma relação com a mídia local, que têm uma relevância muito grande para a população por falar sobre a realidade das cidades. Uma das metas do nosso governo é essa valorização da imprensa local e temos conseguido avançar bastante nisso”, afirmou.


Ainda de acordo com Ratinho Junior, além da prestação de serviços à população, a comunicação pública do Estado e o relacionamento com a imprensa é pautado na defesa dos aspectos positivos do Paraná. Segundo ele, isso se reflete na atração de novos investimentos privados e também no aumento do fluxo de turistas.


No primeiro semestre de 2023, o Paraná registrou o terceiro maior crescimento proporcional na receita de negócios vinculados ao turismo, com alta de 12,9% no acumulado do ano. O resultado ajudou a puxar o setor de serviços como um todo, que também acumula alta de 11,9% no mesmo período, segundo maior índice do Brasil.


“Foz do Iguaçu fala por si só, com um turismo maravilhoso, mas procuramos incentivar o movimento em outras regiões do Estado, como na Região Metropolitana de Curitiba, Campos Gerais e no nosso Litoral, para que o turista passe mais tempo no Paraná, o que gera mais empregos no setor hoteleiro, nos restaurantes, nos bares e nas lojas de conveniência”, concluiu o governador.


FÓRUM NACIONAL DE COMUNICAÇÃO – Com foco na transparência da gestão dos recursos públicos, comunicação no ambiente digital e combate às fake news, o 3º Fórum Nacional das Secretarias de Comunicação promove o seu primeiro encontro no Paraná com representantes de 22 estados e do Distrito Federal, além de palestrantes renomados ligados à comunicação pública, entre os dias 20 e 21 de novembro.


Na avaliação do secretário da Comunicação do Paraná, Cleber Mata, o encontro é uma oportunidade de promover um intercâmbio entre profissionais de todo o Brasil para a superação de desafios que são comuns no âmbito da comunicação pública.


“As secretarias estaduais de Comunicação utilizam juntas mais de R$ 1 bilhão por ano em recursos públicos que precisam ter a devida transparência. Temos muitos instrumentos nesses intercâmbios culturais que podem melhorar a performance das secretarias, aprendendo com o que os outros estados estão fazendo de melhor”, afirmou. “Temos uma oportunidade única de discutirmos entre os estados as melhores formas de um governo se comunicar bem, ser transparente e de prestar contas à população”.


CONGRESSO AERP – Em sua 26ª edição, o Congresso Paranaense de Rádio e TV conta com três dias de programação com uma série de atividades, palestras e workshops sobre estratégias de liderança, oportunidades de negócio, tecnologias e tendências. O evento também engloba Feira Nacional de Equipamentos, com stands de expositores de renome nacional e internacional apresentando as principais novidades tecnológicas para o setor.


Para o presidente da Aerp, Caique Agustini, o encontro de 2023, o primeiro grande evento após a pandemia, é o momento ideal para reafirmar o setor de rádio e TV como fonte de inovação e informação confiável. “Queremos pensar e aprimorar uma radiodifusão que conta com a criatividade para acompanhar as mudanças de consumo do ouvinte e do telespectador e também com a credibilidade, pois ela é reconhecida pela população, que confia e reconhece o trabalho responsável realizado pelas emissoras de rádio e TV”, declarou.


PRESENÇAS No Fórum Nacional das Secretarias de Comunicação, estão presentes secretários ou outros representantes das secretarias estaduais do Acre, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraná, Paraíba, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins e Roraima.


Além do governador, a abertura do 26º Congresso Paranaense de Rádio e TV contou com a presença dos secretários estaduais da Comunicação, Cleber Mata; e do planejamento, Guto Silva; do deputado federal e ex-governador Beto Richa; do deputado estadual Alexandre Curi; do presidente brasileiro da Itaipu Binacional, Ênio Verri; e do presidente do Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Paraná (Sert-PR), Cezar Telles.


Foto: Gilson Abreu/AEN

0 comentário

Comments


bottom of page