top of page

Mais de 600 pessoas já foram atendidas no Ambulatório Médico da Unicentro

Serviço começou a operar há aproximadamente um ano. Inicialmente, o serviço estava aberto apenas aos membros da comunidade universitária e, logo em seguida, se tornou uma unidade cadastrada pela prefeitura de Guarapuava, possibilitando um alcance ainda maior dos atendimentos.

Em pouco mais de um ano, mais de 600 pessoas foram atendidas gratuitamente no Ambulatório do Departamento de Medicina da Unicentro, em Guarapuava, no Centro-Sul do Estado. As consultas e os acompanhamentos, nas mais diversas áreas, são realizados no Centro de Simulação, situado no Câmpus Cedeteg.


Os atendimentos são agendados pelas Unidades Básica de Saúde, que são a porta de entrada para o sistema público de saúde. Entre as especialidades atendidas estão cardiologia, dermatologia, pediatria, neuropediatria, neurologia, ginecologia, gastroenterologia, reumatologia, ortopedia, urologia, psiquiatria e hepatites. Além de cirurgia geral, pediátrica, vascular e de cabeça e pescoço.

A iniciativa surgiu como forma de unir a necessidade dos acadêmicos de praticar o conteúdo aprendido em sala de aula e o caráter extensionista da universidade, ampliando os serviços prestados à comunidade. “Dos mais de mil pacientes que já foram agendados, mais de 600 pacientes já foram atendidos. O primeiro objetivo é atender o paciente, e em consequência ensinar o aluno”, detalha o chefe do Departamento de Medicina, professor David Livingstone Alves Figueiredo.

Uma das características principais do projeto é que os atendimentos são conduzidos por acadêmicos do 3º ao 5º do curso de Medicina da Unicentro. Para Figueiredo, os profissionais em formação têm a oportunidade de colocar em prática os conhecimentos adquiridos durante os anos de estudo e, ao mesmo tempo, desenvolver habilidades humanistas, que são essenciais para a profissão médica.


”Esses atendimentos são realizados pelos alunos de internato, alunos também do terceiro e quarto ano e uma ênfase maior no quinto ano, sob supervisão docente. Para os acadêmicos é espetacular. Eles estão atendendo aqui dentro da Unicentro, com acompanhamento profissional, o que significa um aprendizado de qualidade”, afirma.

Inicialmente, o serviço estava aberto apenas aos membros da comunidade universitária e, logo em seguida, se tornou uma unidade cadastrada pela prefeitura de Guarapuava, possibilitando um alcance ainda maior dos atendimentos. Nos próximos meses, a expectativa é crescer ainda mais. “A proposta é a gente dar atendimento a toda a 5ª Regional de Saúde, com volume maior, especialmente quando a clínica nova for inaugurada lá na Cidade dos Lagos”, afirma Figueiredo.


Foto: Unicentro

0 comentário
bottom of page